Empresa

Nossa filosofia
CONTROLE DE QUALIDADE DO BIOCLÍNICO é o que garante segurança e confiabilidade nos seus exames, conquistando mensalmente o Certificado Nacional de EXCELENCIA LABORATORIAL.

Para se ter qualidade é preciso trabalhar seguindo as normas e procedimentos pré estabelecidos, iInúmeros são os recursos disponíveis para se ter um controle adequado da qualidade, em todos os níveis, desde a recepção do paciente até a emissão de um resultado.
O controle de qualidade do Laboratório BIOCLINICO é realizado em duas etapas: Controle Interno e Controle Externo.

O Controle de Qualidade Interno é realizado diariamente através de amostras com valores conhecidos, e analisados com os exames de rotina. Os resultados são avaliados e comparados com a média e o desvio padrão de cada analito, certificando-se da precisão dos resultados.
O Controle de Qualidade Externo é monitorado pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas - SBAC, através do Programa Nacional de Controle de Qualidade - PNCQ
O nosso laboratório desde a implantação do PNCQ, em 1997, vem obtendo os melhores resultados, o que lhe confere anualmente o "Certificado de Participação", "Selo de Qualidade" e "Certificado de Excelência Laboratorial".

Perguntas frequentes
Pode-se fazer exame de sangue com gripe, resfriado ou febre?
Claro. Alguns exames, aliás, são solicitados exatamente porque a pessoa está com febre. A intenção é verificar se alguma infecção é a responsável. Porém, em algumas circunstâncias, a doença responsável pela febre pode interferir nos exames destinados a avaliar aspectos metabólicos e imunológicos. Por cautela, conseqüentemente, consulte o seu médico ou o laboratório antes de fazer o exame.
Se alimentar na véspera do exame
Mantenha sua alimentação habitual, seguindo apenas o tempo de jejum recomendado quando aplicável. Cuidado apenas com os excessos (pizza 4 queijos, churrasco, feijoada e outros).
Nova coleta, o que significa?
Existem alguns "fatores" (alguns são conhecidos e outros não) presentes no sangue e/ou outros materiais que podem interferir nos resultados dos exames. Quando acontecer com seu exame a Equipe Exame vai entrar em contato, para solicitar uma nova coleta, assim o exame será refeito, conferindo maior qualidade e sem qualquer despesa para você.
Até aspirina altera resultados de exames?
Com certeza. Aspirina é o nome popular do ácido acetilsalicílico. Ela está presente em muitos analgésicos e antitérmicos, tais como AAS, Buferin, Doril, Melhoral, Aspirina Forte, Cibalena, Doloxene-A e Aspirina C. Mas também em antiácidos (Alka-Seltzer e Engov), onde está associada a outras substâncias farmacológicas. Por isso guarde bem: todos os remédios com ácido acetilsalicílico interferem nos exames de coagulação do sangue. Em altas doses, podem diminuir os valores totais de tiroxina ou T4 – um dos hormônios da tiróide.
Sexagem Fetal

Quem pode fazer o exame?

Qualquer mulher que esteja grávida e com mais de 8 semanas de gestação. O teste não detecta gravidez. Em mulheres não grávidas, o teste apontará a ausência de detecção de marcador SRY, sugestivo de feto feminino.


Qual a idade gestacional mais apropriada para a realização do teste?

A partir da 8ª semana de gestação.


O resultado pode ter interferência, se a gestante teve um filho do sexo masculino em gravidez anterior?

Não, o DNA fetal é rapidamente eliminado da circulação materna horas após o parto.


Algum plano cobre o exame?

Não, nenhum plano de saúde cobre este exame.

Menstruação interfere nos exames?
Sim, por exemplo, no de urina. Por isso o ideal é fazê-lo fora do período menstrual. Mas, se for urgente, a urina pode ser colhida sem problemas, adotando-se dois cuidados: assepsia na hora do exame e o uso de tampão vaginal para o sangue menstrual não se misturar à urina.

Garantindo agilidade, confiança e qualidade.
100% preocupado com seu bem-estar, oferece as melhores instalaçoes para lhe receber, além de equipamentos modernos para garantir segurança e qualidade nos exames..
O Bioclínico

O Laboratório Bioclínico desde o inicio do seu trabalho busca o bom funcionamento de suas atividades, investindo sempre em seus equipamentos, automatizados, tecnologia moderna, nas áreas de parasitologia, imunologia, urinalise, microbiologia, toxicologia, hematologia, bioquímica e na capacitação de seus profissionais. Facilitando o processo operacional, reduzindo o prazo de entrega de resultados.

Dr. Marlon Pavanello